segunda-feira, outubro 16, 2017
SIGA Pregão
Monitoramento de Pregões Eletrônicos

DATAFOLHA: ALCKMIN SUSTENTA PONTA, MAS SKAF E PADILHA MELHORAM

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 4 de setembro,mostra que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) mantém a liderança na disputa pelo governo de São Paulo....

ÚLTIMA PESQUISA DIVULGADA PELO DATAFOLHA SÃO PAULO

São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) 53% Paulo Skaf (PMDB) 22% Alexandre Padilha (PT) 7%

ÚLTIMA PESQUISA PARA GOVERNADOR SÃO PAULO

Governador Geraldo Alckmin (PSDB): 50% Paulo Skaf (PMDB): 20%

JUSTIÇA PAULISTA ANULA CONVENÇÃO QUE INDICOU PADILHA CANDIDATO DO PT A GOVERNADOR

Do G1 - 08/07 A Justiça de São Paulo anulou de forma provisória a convenção do PT que apontou o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, como candidato ao governo de São Paulo nas eleições deste ano. A convenção foi realizada no dia 15 de junho e contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No ato, também foram oficializadas a candidatura de Eduardo Suplicy, na disputa ao Senado, e de deputados estaduais e federais do PT.

MALUFISTAS QUEREM INDICAR A PADILHA VICE DO PR EM SÃO PAULO

Do Estadão: Depois de selar a aliança com Alexandre Padilha, do PT, na disputa pelo governo de São Paulo sem fazer exigências, o PP de...

Mantenha-se conectado

921FãsCurtir
1,049SeguidoresSeguir
11InscritosInscrever-se
- Publicidade -

Últimas

INSTITUIÇÕES ENFRAQUECIDAS, LÍDERES DESARMÔNICOS

No momento de orfandade que a sociedade vive, não se pode mais afirmar em sã consciência como há bem pouco que as instituições funcionam regularmente, apesar da crise política.  Hoje, elas batem umas contra as outras e se anulam.

“A POSIÇÃO MAIS AO CENTRO É A MAIS EQUILIBRADA, PARA UM PAÍS QUE PRECISA...

(Do prefeito João Doria, em entrevista ao Estadão)

“DELAÇÃO DE FUNARO FOI UMA ENCOMENDA REMUNERADA POR JANOT”

(Do ministro da Secretaria Geral da Presidência,Moreira Franco, sem, seu Twitter mete domingo, sobre a  delação premiada do operador Lucio Funaro disponibilizada em vídeo. Moreira disse ainda que Janot precisava encontrar justificativas para uma segunda denúncia contra o presidente, chamando de "delivery de matéria-prima" a forma como funcionaria essa operação: "Janot pedia, e Joesley pagava".Segundo O Globo).