FALTA DE DINHEIRO: MESMO COM FUNDÃO PARTIDOS NÃO CONCORRERÃO PARA GOVERNADOR EM TODOS OS ESTADOS

Brasília, 213 sul

Paira total incerteza  entre os pré-candidatos a cargos eletivos, majoritárias e proporcionais, em fae da chamada reforma politica aprovada pelas duas casas do Congresso e sancionada pelo presidente Michel Temer.

A perplexidade parte do PMDB, o maior partido, que terá tão-somente R$ 22O milhões do Fundão para as eleições para distribuir aos candidatos em todo o País. Comparação: só a campanha de Dilma para presidente em 201O custou R$ 3OO milhões.

Uma nova regra já se dá como certa: os partidos não mais terão candidatos a cargos majoritários em  todos os estados – governador e senador. Escolherão alguns estados, aqueles que oferecerão chances razoáveis de vitória pela falta crônica de recursos que se instalará.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixe uma resposta