LINGUAGEM CORPORAL DENUNCIA SENADORES TUCANOS POR MÁ VONTADE COM AÉCIO

Brasília, 213 sul

A linguagem corporal flagrou os senadores do PSDB esnobaram o colega Aécio Neves em sua aparição na tarde de debates no Senado . A linguagem mostrou que todos – menos Antonio  Anastasia – se afastavam do mineiro ou não prestavam a mínima atenção nas suas intervenções.

O senador Tasso Jereissati, presidente interino, sentou-se junto a Aécio, presidente licenciado, e mal trocou uma palavra. Pareceu incomodado e manteve a carranca fechada.

Quando fez uma intervenção replicando  a senadora Vanessa Graziottin sobre o tema Venezuela, nenhum  tucano posicionou-se perto dele, em solidariedade. O senador Cassio Cunha Lima chegou atrasado, e não se aproximou de seu ex-grande líder.

Aécio saiu do plenário como chegou: cabisbaixo e só.

Ah essa linguagem corporal.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixe uma resposta