SENADO NÃO SABE O QUE FARÁ COM SUA VITÓRIA NO SUPREMO Destaque

SENADO NÃO SABE O QUE FARÁ COM SUA VITÓRIA NO SUPREMO SENADO NÃO SABE O QUE FARÁ COM SUA VITÓRIA NO SUPREMO

O Senado não sabe lidar com sua vitória no Supremo.

A decisão do STF de atribuir ao Senado a soberania em ditar ou não o  afastamento de seus pares surpreendeu a própria casa, no sentido de que não esperava receber tanto poder..

No momento, o Senado não sabe, não pode ou não  deve usar a soma de poderes constitucionais que lhe cabem.

Sua presidência é fraca. O senador Eunício Oliveiia não controla as alas da casa, nem mesmo a de seu partido, o PMDB, e contestado abertamente no plenário pelo colega e antecessor  Renan Calheiros.

Mas por incrível possa parecer, foi na visita que Eunício fez à presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, que se ajustou um  pacto de salvação dentre os poderes.

Um fraco com uma frágil entre seus pares, gerando um pacto forte, a política tem dessas coisas.

Por instinto de salvação dos pares da corte suprema, o pacto foi apoiado por 5 ministros e meio, pois Carmen usou o Voto de Minerva, quase não o usando, tímida e temerária.

O Senado, recebendo tal endosso do STF, não está correndo para salvar Aécio Neves, como era de se esperar.

O PT já anuncia que vai retirar o tapete dos pés de Aécio  em vingança a seu voto no impeachment de Dilma Rousseff.

Última modificação emSábado, 16 Dezembro 2017 08:38
Editor

Diretor-Presidente e Diretor-Editor da Polis Editorial Ltda,com clientes corporativos nacionas no ramo da Consultoria de Comunicação. Editoração da CARTA POLIS, informativo on line com informações e análises exclusivas sobre bastidores do poder em Brasilia.

Website.: www.cartapolis.com.br
Mais nesta categoria: Single post sample »

1 Comentário

  • jjj ldflçdsfçlfdçls fçdfdçdfç
    jjj ldflçdsfçlfdçls fçdfdçdfç Terça, 12 Dezembro 2017 19:07 Link do comentário

    sjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asdsjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asdsjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asdsjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asdsjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asdsjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asdsjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asdsjdsadjs lkjsdalksdaksdakl kjldsalkdasklds lksdlkdsalkd asd

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

:: Vídeos