SINALIZAÇÕES DA SEMANA: ESPERA E TENSÃO CONTINUAM

Brasília, 213 sul

12, SEGUNDA

*Para tentar segurar o ímpeto de debandada do PSDB do governo Temer, tucanos contrários à saída dirão, que é preciso dar um pouco mais de tempo ao presidente. A ideia é estabelecer um novo prazo de 15 dias.

SINALIZAÇÃO: O PSDB não deixará o governo Temer.

13, TERÇA

*Prevista a votação da Reforma Trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais do Senado.

SINALIZAÇÃO: O forte embate entre governo e oposição deverá marcar, mais uma vez, as discussões acerca do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 38/2017, que contém a reforma trabalhista. O relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) será lido na terça-feira (13), na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), mas a oposição já prometeu apresentar textos alternativos. Apesar de o item ser único na pauta, a expectativa é de que a reunião seja longa, a exemplo do que ocorreu na passagem do PLC pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Fonte: Portal do Senado).
*Deveria terminar nesta data o prazo para a Polícia Federal entregar à Procuradoria-Geral da República sobre a gravação da conversa com o presidente Michel Temer pelo empresário Joesley Batista, mas a PF pediu mais 10 dias de prorrogação.

SINALIZAÇÕES PARA AS SEMANAS SEGUINTES:

*O governo quer levar ao plenário do Senado para votação final a Reforma Trabalhista.

SINALIZAÇÃO; Dificilmente o governo obterá o cima de tranquilidade pra votar a reforma no plenário.

20,21, TERÇA E QUARTA

*A expectativa de que o procurador-geral, Rodrigo Janot, apresente nesta semana a primeira denúncia contra Michel Temer faz a equipe do presidente avaliar adiar viagem dele à Rússia, prevista para os dias 20 e 21 deste mês.(Fonte: Painel, Folha)

3O, SEXTA

*As principais centrais sindicais não aderiram à greve chamada para o dia 30. Querem fazer um sinal ao Planalto no momento em que Temer indica que pode ceder para aprovar as reformas, em especial a da Previdência Social.(Fonte: Painel, Folha).

SINALIZAÇÃO: No atual cenário social e confusão temática do discurso do PT e das oposições com absolvição da chapa Dilma-Temer  a greve geral tende ao fracasso

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixe uma resposta