SINALIZAÇÕES PARA A SEMANA: SENSAÇÃO DE VAZIO E RESSACA CÍVICA

Brasília, 213 sul

O presidente Michel Temer respira, aliviado. Vai  se reunir com o núcleo duro do Palácio do Planalto para estabelecer a agenda de prioridades e a agenda de ação para os próximos 6 meses.

A começar, definir se atacará a reforma tributária ou a política antes da previdenciária. As bases partidárias no Congresso pressionam pela reforma política imediata por causa do fundo que financiará as campanhas em 2018.

 7, SEGUNDA

. O governo vai definir como encaminhar a votação de medidas provisórias que considera prioritárias. Estão na linha de frente matérias que tratam do Refis, da reoneração da folha e venda de terras para estrangeiros (Fonte Painel, Folha)

SINALIZAÇÃO.Não esquecer que as centrais sindicais aguardam a MP da Reforma Trabalhista que dará uma compensação ao extinto imposto sindical.

* O vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur (PRB-SP) volta para Brasília e vai se reunir com o líder do governo na Casa, Agnaldo Ribeiro (PP-PB), para comparar os levantamentos depois de ter recebido a missão de mapear todos os votos contrários ao governo e buscar as justificativas dos ausentes da base do governo na sessão de quarta. (Fonte: Correio Braziliense).

*Donos da J&F, os irmãos Joesley e Wesley Batista irão depor na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).O órgão que regula o mercado de capitais investiga se os dois se beneficiaram com os impactos causados pela delação premiada, crime conhecido como insider trading.No dia seguinte às revelações contra Michel Temer, o dólar disparou, registrando a maior valorização dentro de um dia em 18 anos.(Fonte: Radar, Veja)

8, TERÇA
*Sinalizada reunião do Conselho de Ética dio PMDB. Na pauta, o pedido de expulsão dos senadores Kátia Abreu (TO) e Roberto Requião (PR) feito pela Executiva do partido.

1o, QUINTA

* O ex-presidente Lula participa de ato político em Franco da Rocha (SP).

11, SEXTA

*O IBGE divulga IPCA de julho.

SINALIZAÇÕES PARA A SEMANA, SEM DIA CONFIRMADO

*Mesmo sabendo que é remota a chance de a PEC das eleições diretas ser aprovada, a oposição atuará para que a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara vote já na próxima semana o texto da proposta.(Fonte Painel, Folha).

*O relator na Câmara da medida provisória que institui a a Taxa de Longo Prazo (TLP) nos empréstimos do BNDES, o deputado Betinho Gomes (PSDB-PE) poderá apresentar seu relatório após ter sido aduado da semana passada. Ele afirmou que as mudanças propostas em seu relatório “acabarão de vez com a equivocada política de produzir empresas campeãs nacionais”, e que o BNDES passará a ter uma política mais equilibrada para fomentar pequenos e médios empreendimentos. Betinho já prevê resistências de parlamentares ligados ao setor industrial a seu parecer. (Fonte: Estadão)

SINALIZAÇÕES PARA A SEMANA SEGUINTE A ESSA

*A tendência é de que a comissão que tratará da reforma política no Senado seja instalada em até duas semanas. O senador José Serra é cotado para relator. Serra procurou o presidente Michel Temer na semana passada para defender que o governo se empenhe na votação da reforma política. A reforma teria como pontos centrais parlamentarismo, voto distrital misto, cláusula de barreira e fim das coligações. Michel Temer se mostrou interessado na possibilidade de implantação do parlamentarismo, com a figura de primeiro-ministro, a partir de 2019 (Fonte: Coluna do Estadão)

* A reforma tributária poderá entrar na frente da reforma da Previdência nas prioridades do governo. Nas negociações de Temer com deputados para conseguir apoio, houve a promessa de que a reforma tributária poderia passar à frente da previdenciária O relator, deputado Luiz Carlos Haully (PSDB-PR), contou que pretende colocar a proposta na qual vem trabalhando em consulta pública “nos próximos 10 dias”. (Fonte: Correio Braziliense)

*O deputado Paulinho da Força e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, vão entregar em breve ao presidente uma agenda que inclui a retomada das obras paradas e uma linha de crédito para a construção civil. Paulinho conta que só a Odebrecht dispensou 100 mil funcionários por causa da crise.(Fonte: Brasilia DF, Correio Braziliense)

SINALIZAÇÕES PARA A SEMANA SEGUINTE A ESSA 

14, SEGUNDA

* A Petrobras divulga o resultado do segundo trimestre de 2017.

* A Executiva nacional do PT promove lançamento do livro “Comentários a uma sentença anunciada: o caso Lula” com a participação de artistas, intelectuais, juristas e políticos em ato contra a sentença de Sérgio Moro que condenou o ex-presidente.

17, QUINTA

* O ex-presidente Lula participa de ato político em Guarulhos (SP).

* Termina o período de consulta pública sobre propostas para o aprimoramento do marco legal do setor elétrico.

SINALIZAÇÕES PARA A SEMANA SEGUINTE A ESSA

21, SEGUNDA

* O ex-presidente Lula inicia caravana na Bahia, onde visitará várias cidades do Nordeste em 20 dias para preparar sua plataforma de propostas para a campanha presidencial de 2018.

* Veiculação do programa partidário do PSDB, em cadeia de rádio e TV, com duração de 10 minutos.

24,QUINTA

*O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, faz vista oficial ao Brasil.

SINALIZAÇÕES PARA A SEMANA SEGUINTE A ESSA

28, SEGUNDA

*O IBGE divulga prévia da inflação de agosto (IPCA-15).

29,TERÇA

* Veiculação do programa partidário do PSOL, em cadeia de rádio e TV, com duração de 10 minutos.

* O Tesouro Nacional divulga o resultado das contas do Governo Central de julho.

* Veiculação do programa partidário do REDE, em cadeia de rádio e TV, com duração de 10 minutos.

31, QUINTA

* O Banco Central divulga o resultado das contas do setor público consolidado em julho.

* Último dia para o governo encaminhar ao Congresso o Orçamento da União para 2018.

* O IBGE divulga o resultado da Pnad Contínua (desemprego) referente ao último trimestre, encerrado em julho.

* Veiculação do programa partidário do SD, em cadeia de rádio e TV, com duração de 10 minutos.

* O presidente Michel Temer viaja para a China

para participar da reunião do BRICS….

SINALIZAÇÕES PARA AGOSTO SEM DIA CONFIRMADO

*A equipe de Rodrigo Janot se esforça para apresentar a próxima denúncia contra Michel Temer, por obstrução de Justiça, ainda em agosto. O procurador-geral deixa a chefia do MPF no dia 17 de setembro. (Fonte: Painel, Folha)

* *Prevista convenção nacional do PSDB.

* Prevista publicação do edital de privatização da Companhia Energética de São Paulo (Cesp).

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixe uma resposta